Andebol: Selecção feminina de Cabo Verde encontra-se concentrada em sistema de bolhas

Cidade da Praia, 27 Mai (Inforpress) – A selecção cabo-verdiana de andebol feminino continua a intensificar os trabalhos de preparação para o 24º Campeonato Africano das Nações, concentrada no sistema de bolhas, na Cidade da Praia, para evitar o contágio pelo covid-19.

A equipa técnica liderada pela seleccionadora, a portuguesa Ana Seabra, encontra-se desde segunda-feira circunscrita a 18 pré-convocadas, oriundas de Santiago e São Vicente, e aguarda, para o final deste mês, pela integração dos três reforços proveniente de Portugal.

Miriam Almeida, 21 anos, e Nádia Barros Fernandes, 34 anos, ambas jogadoras que actuam na posição da primeira-linha da equipa portuguesa da Associação Assomada e Odete Tavares da Madeira SAD, 29 anos, central de 1.63 metros são as eleitas para integrarem o combinado cabo-verdiano.

De acordo com o plano de treinamento avançado à Inforpress pelo presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol (FCA), António Teixeira, até à partida para os Camarões, a equipa treina nas segundas, quartas e sexta-feira no período da manhã no pavilhão desportivo Vavá Duarte.

Já nas terças, quintas e sábado é dedicada ao ginásio no Estádio Nacional, durante o período da manhã, para que ao final da tarde o colectivo cabo-verdiano volte ao pavilhão desportivo Vavá Duarte para trabalhos com bolas.

A selecção cabo-verdiana de andebol feminina partilha com as equipas nacionais de Angola, Congo e Argélia o grupo C do 24º Campeonato Africano das Nações, que se realiza de 08 a 18 de Junho, em Yaoundé, nos Camarões.

SR/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos