Andebol: Federação retoma participação das selecções em torneios de qualificação africana

Cidade da Praia, 21 Jan (Inforpress) –  A Federação Cabo-verdiana de Andebol (FCA) está determinada em participar com as selecções nacionais seniores (masculina e feminina) nos torneios de qualificações africanas da modalidade, agendada para Maio/Junho, no Níger.

Em entrevista a Inforpress, o presidente da FCA, Nelson Martins, disse que depois de uma ausência de vários anos, nesta que é “a maior montra” da competição africana nesta modalidade, a instituição que dirige quer recuperar “o tempo perdido” com a retoma da participação do combinado nacional nestas provas.

Referiu que Cabo Verde já conta com um naipe de andebolistas de grande nível no País e no estrangeiro e com reputação, sobretudo na Europa, representando grandes emblemas  enquanto profissionais, pelo que considera que o país já pode competir para atingir grandes resultados, de forma a lutar para atingir a fase final do Campeonato Africano das Nações.

Em relação à selecção nacional principal masculina, disse que a federação está a ponderar a hipóteses de contratar um técnico estrangeiro de nível reconhecido, sem se menosprezar a capacidade dos treinadores residentes, alegando que dado ao nível profissional dos potenciais seleccionáveis, torna-se necessário investir numa equipa técnica que possa estar à altura dos jogadores.

Nelson Martins anunciou ainda, por outro lado,  a participação da selecção nacional no XVI Campeonato Africano em Juniores femininos, visando dar mais jogos as atletas no quadro da preparação do combinado “A” para o Campeonato Africano das Nações de 2024, a ser organizado no território cabo-verdiano.

Declarou, por outro lado, a realização em Julho/Agosto da terceira edição da formação de treinadores de nível I, para que no próximo ano Cabo Verde possa facultar aos técnicos a oportunidade de se evoluírem para o grau II, e a formação de árbitros GRTP (passagem de nível de árbitro zonal para continental) em Setembro, a ser ministrada pela Confederação Africana de Andebol (CAHB).

Neste capítulo, disse que Cabo Verde conta apenas com dois árbitros da categoria zonal, Nilson, residente na Cidade da Praia, e Airtom Pereira, docente em São Nicolau, capacitados para atingirem o nível seguinte, mas que a formação vai ser aberta a todos como forma de adquirirem conhecimentos.

Num ano que Cabo Verde acolhe os I Jogos Africanos de Praia, em Junho próximo na ilha do Sal, a FCA quer apostar nos atletas para que o país possa estar bem representado e dignificado, em andebol, enquanto uma das 11 modalidades a serem disputados nestes jogos.

Ressaltou, entretanto, que o prato forte da federação nacional para 2019 passa, indiscutivelmente, pela realização em Cabo Verde do Campeonato Africano dos Clubes Campeões Africanos, a ser disputado de 17 a 23 de Outubro.

SR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos