Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Administradora da FIC-2021 diz que o certame da Praia superou todas as expectativas (c/vídeo)

Cidade da Praia, 20 Nov (Inforpress) – A administradora delegada da Feira Internacional de Cabo Verde, Angélica Fortes, faz um “balanço positivo” da 24ª edição deste evento que decorreu de 17 a 20 de Novembro, na Cidade da Praia.

“A feira superou as expectativas da organização e dos próprios expositores presentes”, disse Angélica Fortes, acrescentando que em conversa com os vários responsáveis dos stands notou que há uma “opinião unânime de que o certame superou as expectativas iniciais e foi um sucesso”.

Segundo ela, os expositores garantiram que foi uma oportunidade para fazerem vários contactos e, agora, auguram que no pós feira “esses contactos se efectivem em negócios”.

Instada se a organização se sente recompensada por todo os esforços expendidos, Angélica Fortes garantiu que a mesma está “satisfeitíssima”, por se tratar do primeiro evento organizado no período em que ainda a pandemia de covid-19 está a dar sinais de desaceleração em Cabo Verde.

“Apesar das dificuldades, as empresas fizeram um esforço para estarem presentes nesta feira”, pontuou aquela responsável.

A próxima edição da FIC vai ser realizada na cidade do Mindelo, São Vicente, e decorrerá de 16 a 19 de Novembro, respeitando, assim, a rotatividade do local do evento.

De acordo com a organização, no total estiveram na FIC 2021, 125 empresas, das quais 66 por cento (%) são cabo-verdianas e 34% estrangeiras, para ocupar cerca de 30 stands, distribuídos pela parte interior e exterior do edifício da FIC.

Para além dos expositores cabo-verdianos, estiveram inscritos expositores de Portugal, que representam 23% das empresas estrangeiras, da Alemanha, dos Estados Unidos da América, da China, da Mauritânia e da Áustria, que juntos representam 11% do total das empresas.

Durante a feira foi realizado um conjunto de actividades paralelas, destacando algumas conferências, simpósios e encontros com entidades governamentais e outras personalidades, com o intuito de reflectir a situação das empresas neste momento e pensar numa forma de “alavanca-las”.

A FIC é hoje o maior evento empresarial/comercial realizado no País. Pretende-se que as feiras sejam para além de um espaço privilegiado de promoção de produtos e serviços, mas também uma janela de atracção de investimentos para Cabo Verde, de visitantes, tanto residentes como não residentes.

LC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos