Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Administração da FIC 2021 garante que todas as medidas de segurança sanitária estão salvaguardadas

Cidade da Praia, 17 Nov (Inforpress) – O presidente do conselho de Administração da Feira Internacional de Cabo Verde (FIC), Jorge Spencer Lima, garantiu hoje que todas as medidas de segurança sanitária estão salvaguardas para que a XXIV edição da FIC decorra na normalidade.

Conforme Jorge Spencer Lima, que é também presidente da Câmara de Comércio de Sotavento (CCS), a realização desse evento, cuja abertura oficial acontece na tarde de hoje, foi uma grande ousadia por parte da administração da FIC, tendo em conta as muitas incógnitas decorrentes da situação epidemiológica.

“Nós pensamos e decidimos e bem realizar a FIC. É claro que para tomar esta decisão nós tivemos que elaborar um plano muito concreto de saúde e segurança, plano esse que foi submetido à apreciação do Ministério da Saúde, que após algumas correcções, foi devidamente aprovado”, disse.

“Portanto, a FIC vai reunir-se com todas as condições de controlo, de protecção das pessoas, dos empresários e dos visitantes, com as regras rígidas já aprovadas pelo Ministério da Saúde”, acrescentou em conversa com os jornalistas durante um encontro realizado na manhã de hoje com a imprensa.

Para Jorge Spencer Lima, a realização da FIC representa, neste momento, uma mensagem clara aos empresários e à sociedade de retorno à normalidade.

“Nós já tivemos dois anos de sofrimento grande, as empresas ressentem-se muito. Algumas já fecharam, outras estão em situação bastante crítica. Portanto, nós temos que olhar e confiar no futuro” disse enaltecendo as várias medidas de combate à pandemia pelo Governo, com destaque a vacinação que afirma, está a dar os seus frutos.

De acordo com a organização, no total vão estar na FIC 2021, 125 empresas, das quais 66 por cento (%) são cabo-verdianas e 34% estrangeiras, para ocupar cerca de 30 stands, distribuídos pela parte interior e exterior do edifício da FIC.

Para além dos expositores cabo-verdianos, estão inscritos expositores de Portugal, que representam 23% das empresas estrangeiras, da Alemanha, dos Estados Unidos da América, da China, da Mauritânia e da Áustria, que juntos representam 11% do total das empresas.

Durante a feira serão realizadas um conjunto de actividades em paralelas, destacando algumas conferências, simpósios e encontros com entidades governamentais e outras personalidades, com o intuito de reflectir a situação das empresas neste momento e pensar numa forma de “alavanca-las”.

A FIC é hoje o maior evento empresarial/comercial realizado no País. Pretende-se que as feiras sejam para além de um espaço privilegiado de promoção de produtos e serviços, mas também uma janela de atracção de investimentos para Cabo Verde, de visitantes, tanto residentes como não residentes.

MJB/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos