Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

ADAD e parceiros organizam exposição para chamar atenção para preservação do ambiente (c/áudio)

Cidade da Praia, 15 Jun (Inforpress) – A Associação para a Defesa do Ambiente e Desenvolvimento (ADAD) e os seus parceiros inauguram hoje uma  exposição de projectos financiados pela Fundação MAVA em Cabo Verde, para chamar a atenção para a preservação do ambiente.

“Nós fizemos esta exposição com a participação de várias organizações para chamar a atenção para a preservação do ambiente.  Entendemos que é preciso também dar a conhecer aos mais jovens aquilo que se tem feito em Cabo Verde”, disse em declarações à Inforpress o presidente da ADAD, Januário da Rocha Nascimento, à margem da inauguração da exposição, que se encontra patente nos Paços do Concelho da Cidade da Praia.

Na quarta-feira, avançou este responsável, a ADAD irá também homenagear as pessoas que deram grande contributo ao ambiente e, particularmente, a luta contra a desertificação em Cabo Verde.

“Desde logo o Governo de Cabo Verde. E quando eu digo não é este governo exclusivamente é o governo desde 1975 que fez um trabalho muito importante para Cabo Verde na área do ambiente. Nós iremos também ter a ocasião de homenagear um grande país que fez muito, a Alemanha, assim como o Luxemburgo e França, com as diferentes cooperações”, prosseguiu.

Vai-se ainda homenagear a Fundação suíça MAVA, que, segundo Januário da Rocha,  “deu um grande contributo ao ambiente em Cabo Verde, mas que, infelizmente, vai fechar no próximo ano”, assim com também o PRCM, que é o programa de conservação marinha e costeira.

“Gostaria também de sublinhar aqui neste programa que vamos ter a participação mundial. Vai começar dentro de minutos uma grande plantação nas ilhas do pacífico, vamos ter também da América do Norte, da América do Sul, da Europa uma boa participação”, acrescentou.

Januário da Rocha Nascimento finalizou sublinhando que o mundo precisa de estar verde, que é preciso plantar árvores e que todos devem combater as mudanças climáticas para haver um mundo melhor.

GSF/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos