Activista social incentiva prática de plantação de árvores para o mudar o meio ambiente

Cidade da Praia, 05 Jun (Inforpress) – A activista social Luísa Lobo quer incentivar a prática de plantação árvores no país, considerando que este hábito devia ser uma responsabilidade de todos.

Em declarações à Inforpress, a propósito do Dia Mundial do Ambiente, que se assinala hoje, Luísa Lobo, defensora de um ambiente repleto de árvores, considerou que as instituições do país deveriam adoptar esta prática, sendo que a árvore é uma componente que deve estar presente em qualquer ambiente.

Segundo apontou, no dia em que se celebra o Dia da Árvore deveria pautar-se pela plantação de árvores, de que promover palestras e workshops para comemorar a data.

“Uma prática a ser feita não só pelas instituições ligadas à agricultura ou ambiente”, disse, sublinhando a importância das árvores na melhoria do ambiente, do ar, além de trazer conforto e abrilhantar a paisagem.

Além disso, prosseguiu, não se pode estribar na questão da falta de água no arquipélago, como motivo de não plantar.
Luísa Lobo oferece plantas e ajuda na plantação de árvores em várias comunidades na cidade da Praia, iniciativa que já se estendeu ao Estádio Nacional, uma das infra-estrutura que acolhe as pessoas infectadas pelo covid-19 na capital do país.

“O que faço é por prazer, não tenho nenhum financiamento e não quero. Só de estar a ajudar a melhorar o ambiente para mim é tudo”, confessou.

Para o Dia Mundial do Ambiente, a activista social disse não ter nenhum programa a assinalar, devido às restrições de mobilidade imposta por covid-19.

O Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado 05 de Junho, é um evento mundial liderado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e comemorado por milhares de comunidades em todo o mundo. Desde que foi instaurado, em 1972, se tornou a maior celebração do meio ambiente.

HR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos