Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Acrides lança campanha “Não toque no meu corpo” para evitar situações que configuram abusos sexuais

Cidade da Praia, 03 Jun (Inforpress) – A Associação Crianças Desfavorecidas (Acrides) lança, esta sexta-feira, nas escolas e com o apoio das redes, coalizões e comunidades, a campanha “Não toque no meu corpo”, com o objectivo de ensinar as crianças a se autos protegerem.

O lançamento desta campanha, que tem a parceria do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente (ICCA), terá lugar no dia em que se assinala o Dia Nacional de Prevenção e Combate contra o Abuso e à Exploração Sexual e Dia Internacional das Crianças Inocentes Vítimas de Agressão.

Segundo a presidente da Acrides, Lourença Tavares, com esta iniciativa pretendem dar continuidade a campanha realizada em 2018 em alusão de que abuso sexual é crime para sensibilizar a sociedade cabo-verdiana.

“Este ano, a nossa campanha é voltada para as crianças, ensinando-as a auto protegerem-se conhecendo os sinais, enquanto nas escolas vão ser promovidas rodas de conversa para que os professores conheçam sinais de que as crianças é quem são as vitimas”, disse.

Neste âmbito, a Acrides adoptou a cor verde, a cor de esperança, para que em Junho, o mês da criança, os parceiros e as Redes Locais de Prevenção e Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças possam debater temas que asseguram as crianças e adolescentes de que são protegidas.

Para isso, as actividades agendadas para assinalar a data e para o lançamento da campanha “Não toque no meu corpo” começam às 10:00, no Agrupamento IV – Escola Capelinha e, às 11:00, no Agrupamento de Ponta d`Água, com o tema “Prevenção do abuso sexual nas crianças e adolescente: factores de risco, competências pessoais e sociais” e “Prevenção do consumo precoce de álcool e uso de outras drogas: porque as pessoas usam drogas?”.

No período da tarde, às 16:00, o Agrupamento de Tira Chapéu- Escola Capelinha vai receber actividades com o debate dos temas acima referidos.

PC/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos