Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

ACRES quer que os comerciantes sejam promotores da campanha “Menos Álcool, Mais Vida” no município

Cidade da Praia, 21 Set (Inforpress) – A presidente da Associação Cultural, Recreativa e Educativa de Santana (ACRES) defendeu hoje a necessidade de os comerciantes locais terem um maior conhecimento da lei do álcool, e de serem promotores da campanha “Menos Álcool, Mais Vida” no município.

Lenilda Pereira, que é também embaixadora da campanha “Menos Álcool, Mais Vida”, falava à imprensa à margem da acção de capacitação sob o lema “Nova lei do álcool e REMPE – planeamento & gestão de pequenos negócios”, que decorre de 21 a 23 no Centro Cultural Cidade Velha.

Entretanto avançou que a primeira acção de formação conta com a participação de comerciantes, artesãos, produtores de aguardantes e jovens formados e que pretendem iniciar os seus negócios nas localidades de São Martinho, Calabaceira, Cidade Velha e Salineiro.

“Pretendemos reforçar as competências dos jovens que já têm algum nível de escolaridade, mas também formar aqueles que não têm, para que posteriormente possam recorrer a outros serviços para reforçar as suas capacidades e inserir no mercado de trabalho de forma legalizada, sustentável”, referiu.

Lenilda Pereira afirmou que os comerciantes estão cientes de que o álcool traz problemas não só para as famílias, mas por toda a comunidade, daí a necessidade de reforçar ainda mais o trabalho de sensibilização junto desses empreendedores mas também das respectivas famílias.

Explicou que durante os três dias, os formados vão receber técnicas relacionadas com a campanha “Menos Álcool, Mais Vida”, regime de micro e pequenas empresas e gestão de pequenos negócios.

“O objectivo é formar para prevenir, dar a conhecer o conceito da nova lei do álcool, e que durante o processo de transformação da economia informal para formal os comerciantes tenham a par o conhecimento da questão da lei do álcool, que sejam activos e pro-activos, mas também promotores desta campanha no município”, sublinhou.

Na ocasião lembrou que todas as acções levadas a cabo pela Associação Cultural, Recreativa e Educativa de Santana tem tido sempre em atenção o plano estratégico de desenvolvimento sustentável do município.

Por seu turno, o director Nacional do Planeamento, Gilson Pina, realçou a importância levada a cabo pela ACRES, que, segundo o mesmo, visa promover a formalização da economia local, ajudar os jovens a criarem os seus negócios e empregos.

“Nós abraçamos e apoiamos esta iniciativa, mas também incentivamos para que mais casos destes possam acontecer em outras paragens para promover a formalização da economia e a formação daqueles que vão actuar no processo de desenvolvimento e criação de emprego”, sublinhou.

A acção de capacitação sobre a “Nova lei do álcool e REMPE – planeamento & gestão de pequenos negócios”, acontece no âmbito na campanha da Presidência da República “Menos Álcool, Mais Vida”.

AV/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos