Acordo de cooperação cultural entre Cabo Verde e Hungria põe tónica na vertente da música

 

Cidade da Praia, 05 Mao (Inforpress) – Cabo Verde e Húngria assinaram hoje, na Cidade da Praia, um acordo de cooperação no domínio educacional e cultural com destaque para o sector da música.

O protoloco, rubricado pelo director nacional de Política Externa, Júlio Morais e pela embaixadora da Hungria, Klara Breuer, evidência a possibilidade de uma cooperação no domínio da música entre escolas e estudantes dos dois países.

Conforme explicou Júlio Morais, a intenção é retomar as relações de cooperação com a Hungria, na sequência da visita que o ministro dos Negócios Estrangeiros efectuou àquele país no intuito de reforçar os laços de amizade existentes.

“Nesta primeira fase assinamos este acordo, que visa capacitar alunos, instrutores e músicos em áreas onde Hungria tem o saber fazer. Além de enviarem pessoas capacitadas para o nosso país para fazer cumprir o protocolo, levarão estudantes nossos para lá para maior experiência nas áreas da arte, pintura e música”, indicou.

Para a embaixadora, Klara Breuer, o projecto traduz a intenção da Hungria em querer ajudar Cabo Verde a introduzir uma escola de música, o que será feito com a presença de um mester húngaro.

“Vamos começar com introduções básicas sobre a música para professores e mestres, para depois elevar o nosso apoio. Numa primeira fase vamos fazer chegar a Cabo Verde um expert de música que se encontra na escola superior de música em Portugal, e depois haverá outros intercâmbios”, disse.

Entretanto, e coincidindo com décimo aniversário da parceria Cabo Verde/União Europeia, o pianista húngaro, Gyorgy Oravecz, vai presentear os cabo-verdianos com um concerto esta tarde na Presidência da República.

PC/FP

Infropress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos