Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

ACLCC entrega kits de produtos de higiene a doentes oncológicos em tratamento no HAN

Cidade da Praia, 10 Jun (Inforpress) – A Associação Cabo-verdiana de Luta Contra o Cancro (ACLCC) procedeu hoje à entrega de 20 kits com produtos de higiene e protecção individual a doentes oncológicos em tratamento no Hospital Agostinho Neto (HAN) na Cidade da Praia.

Trata-se, segundo a presidente da Associação, Cornélia Pereira, de um gesto que já estava previsto no programa de actividades de 2020 e que veio a ser reforçado agora no quadro do combate à covid-19.

Para além dos produtos normais de higiene como shampoos, sabonetes, cremes, papel higiénico, os kits incluem máscaras cirúrgicas e comunitárias, luvas e álcool gel disponibilizados pela Empresa Nacional de Produtos Farmacêuticos (Emprofac).

A selecção dos beneficiários, segundo Cornélia Pereira, é feita pelo Centro de Dia, que conhece o histórico socio-económico dos doentes e visa responder, sobretudo, àqueles que têm mais necessidades e que estão fora das suas ilhas e ou seus concelhos de residência.

Desta vez foram, distribuídos 20 cabazes, mas outras entregas vão ser feitas, dado que a lista dos seleccionados integra mais de 40 pessoas.

“Já no mês de Março estivemos aqui e futuramente vamos voltar para beneficiar outras pessoas. Como sabem neste período não se pode concentrar muitas pessoas no mesmo espaço e então vamos fazendo de forma faseada”, explicou.

A directora do Serviço de Oncologia do Hospital Agostinho Neto, Hirondina Spencer, realçou, por sua vez, o impacto dos apoios tendo em conta o contexto em que o país está a viver e o público-alvo, considerado de alto risco.

“Esses donativos são essencialmente materiais de higiene e de protecção individual muito importantes para que os nossos doentes possam ter os cuidados nesse contexto de pandemia. Temos também doentes de outras ilhas e que estão cá na Praia para o tratamento de quimioterapia e esse apoio é muito bem-vindo porque são doentes que estão muitas vezes em situações de necessidade”, disse.

O serviço de Oncologia do HAN tem neste momento 97 doentes em tratamento de quimioterapia e mais de 1.500 doentes que fazem seguimento ambulatório, ou seja, doentes que já terminaram o seu tratamento e que fazem controlo.

MJB/ZS

Inforpress/fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos