Achada Santo António e Tira Chapéu são os bairros mais afectados pela covid-19 – Artur Correia

Cidade da Praia, 02 Jul (Inforpress) – O director nacional da Saúde, Artur Correia, revelou hoje que Achada Santo António e Tira Chapéu são os bairros da capital com mais casos confirmados do novo coronavírus.

Este responsável avançou estes dados durante a conferência de imprensa diária sobre a evolução da covid-19 no País, tendo realçado que o bairro de Vila Nova deixou de ser o mais atingido pela covid-19.

Segundo o director nacional da Saúde, o “grande desafio” deste momento é conseguir conter a transmissão   do vírus e garantir o normal funcionamento das estruturas de Saúde, salientando que todas as ilhas estão em risco de terem casos confirmados, mas que os serviços estão a fazer “todos os possíveis” para conseguir dar resposta a esta problemática.

Relativamente aos dados de hoje, avançou que o País registou um total de 643 doentes recuperados, o que corresponde a uma taxa de 50% dos recuperados em Cabo Verde, com destaque para o concelho da Praia, cuja taxa de recuperação é de 63%.

Relativamente aos números de pessoas em quarentena, disse que esse número está a aumentar e que neste momento o País tem um total de 1.690 pessoas em quarentena, 17 casos suspeitos e nenhum doente em caso crítico.

Questionado sobre o arranque do isolamento domiciliar, disse que os doentes que beneficiarão dessa modalidade são doentes assintomáticos e que cumprem os requisitos exigidos em condições sociais habitacionais.

“Estamos a permitir que os doentes assintomáticos mediante determinadas condições para fazer o isolamento domiciliar (…) e caso não se cumpra as exigências, o isolamento domiciliar será suspenso imediatamente e retoma-se o isolamento institucional”, asseverou.

Por outro lado, a presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública (INPS), Maria da Luz Lima, adiantou que está em curso um inquérito epidemiológico da covid-19 em Cabo Verde, que tem como objectivo de determinar a seroprevalência e o perfil da infecção pelo SARS-COV-2 na população cabo-verdiana, que brevemente será divulgado.

“O inquérito está a correr bem, tem tido boa aceitação e continuamos a apelar as pessoas a participar activamente no inquérito porque só assim poderemos saber a questão da covid-19 em Cabo Verde, pelo menos é uma amostragem, não vai ser possível inquerir toda a população, mas é uma amostragem significativa”, asseverou.

Cabo Verde com mais 34 casos confirmados e desses novos casos, confirmados hoje, 19 foram diagnosticados na cidade da Praia, 11 em Santa Catarina de Santiago, dois em Santa Cruz, um no Sal e um em São Nicolau.

Com a actualização dos dados, o País passa a contabilizar neste momento 1.301 casos positivos acumulados, 621 activos, 629 recuperados e 15 óbitos.

A pandemia de COVID-19 já provocou mais de 512 mil mortos e infectou mais de 10,56 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

CM/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
[wd_asp elements='search' ratio='100%' id=2]
    • Categorias

  • Galeria de Fotos