Acções conjuntas de cooperação Cabo Verde/Portugal/Luxemburgo deverão ser implementadas em 2018

 

Cidade da Praia, 31 Ago (Inforpress) – As acções conjuntas de cooperação nas áreas da segurança marítima e formação entre Cabo Verde, Portugal e Luxemburgo deverão ser implementadas em 2018, informou hoje o director-geral de Política de Defesa Nacional de Portugal, Nuno Pinheiro Torres.

Em declarações à imprensa no final de uma audiência com o ministro da Defesa de Cabo Verde, Luís Filipe Tavares, Nuno Pinheiro Torres disse que a partir de 2018 os três países estarão em condições de se reunir novamente e começar a pôr em prática actividades de cooperação trilateral.

Segundo Nuno Pinheiro Torres após o encontro trilateral na Cidade da Praia, visando identificar áreas de cooperação no domínio da Defesa,  os três países vão começar a trabalhar de forma a desenhar um roteiro daquilo que serão os passos a dar no sentido de implementar as primeiras iniciativas.

“É possível que em 2018 haja um documento que esteja concluído e que no decurso de uma reunião ao mais alto nível ou de directores da defesa dos três países possa ser assinado para sua implementação”, disse Nuno Pinheiro Torres.

A audiência com o ministro da Defesa de Cabo Verde teve como objectivo dar a conhecer os resultados da quinta reunião da subcomissão bilateral de defesa entre Cabo Verde e Portugal e do encontro trilateral (Cabo Verde, Portugal e Luxemburgo) realizados na Cidade da Praia.

A assinatura das fichas de projectos, que são anexos ao programa-quadro de cooperação no domínio da Defesa, assinado entre os dois países em Fevereiro e válido para o período de 2017-2021, foi um dos resultados da reunião bilateral Cabo Verde/Portugal.

Relativamente à reunião trilateral  (Cabo Verde/Portugal/Luxemburgo) falou-se essencialmente das duas áreas de cooperação identificadas, nomeadamente segurança marítima e formação.

Com o propósito de dar a conhecer os resultados do encontro trilateral, realizado na Cidade da Praia, o ministro da Defesa de Cabo Verde recebeu também em audiência, na tarde de hoje, o director de Política de Defesa do Luxemburgo, Patrick Heck.

JL/AA

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos