Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Inforpress integra Conselho Executivo da Federação Atlântica das Agências de Notícias Africanas

 

Cidade da Praia, 15 Dez (Inforpress) – A Agência Cabo-verdiana de Notícias, Inforpress, integra, nos próximos três anos, o Conselho Executivo da Federação Atlântica das Agências de Notícias Africanas (FAAPA, na sua sigla em francês), decisão saída hoje da terceira Assembleia-geral da FAAPA, em Marrocos.

No encontro de dois dias decorrido em Casablanca e em que a Inforpress fez-se representar pela gestora executiva, Jacqueline Furtado, a FAAPA, segundo a Agência Marroquina de Notícias (MAP), renovou o seu conselho executivo, que passou de sete para nove membros com a inclusão de Cabo Verde (Inforpress, lusófono) e da Nigéria (NAN, anglófono), com vista à consagração do pluralismo linguístico no seio desta Federação.

Os outros membros deste órgão da FAAPA foram todos reconduzidos, nomeadamente o Benim (ABP), a Costa do Marfim (AIP), o Congo-Brazzaville (ACI), a Libéria (LINA), o Marrocos (MAP) e a Mauritânia (AMI), além do secretário-geral, o marroquino Mohamed Anis.

O director-geral da MAP, Khalil Hachimi Idrissi, continua no cargo de presidente da FAAPA, que ocupa desde a criação desta Federação, a 14 de Outubro de 2014 em Casablanca, por iniciativa da MAP.

Durante esta Assembleia-geral, a FAAPA ficou igualmente reforçada com a adesão de dois novos membros, nomeadamente a Namíbia e a Serra Leoa, fazendo desta federação a maior aglomeração de agências de notícias no continente.

De acordo com a fonte, o relatório de actividades, apresentado pelo secretário-geral da Federação, enfatizou particularmente o aspecto da formação, que é um dos principais eixos de acção conjunta entre as agências africanas, especialmente após a criação do Centro Africano de Formação de Jornalistas (CAFJ), na sede do MAP em Rabat.

No mínimo, 80 jornalistas e executivos de diferentes países membros beneficiaram de sessões de formação organizadas pelo CAFJ, em particular no jornalismo económico, nos serviços da Web e nas novas tecnologias de informação.

Após dois dias de debate e intercâmbio, a FAAPA adoptou várias recomendações, encabeçadas pela indexação do site para garantir um público mais amplo e uma maior visibilidade a nível internacional, organização de um Fórum de Directores de Informação como plataforma de intercâmbio, consolidação de parcerias com organizações internacionais, realização de um seminário de correspondentes regionais e criação de contas Twitter e Instagram.

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos