Jorge Carlos Fonseca quer “investimento efectivo” no Instituto de Língua Portuguesa

 

Cidade da Praia, 11 Abr (Inforpress) – O Presidente da República cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, sublinha a importância estratégica do Português, defendendo um “investimento efectivo” no Instituto Internacional de Língua Portuguesa, que tem sede em Cabo Verde.

“A defesa da língua portuguesa, esse património comum de valor inestimável, pode ter uma importância estratégica, que deve ser reconhecida e traduzida cada vez mais na elaboração e concretização de uma política que vise a sua defesa e promoção”, disse.

Para tal, Jorge Carlos Fonseca defende “o efectivo investimento no reforço dos meios no Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP)”, sediado na Cidade da Praia, e que desde a sua criação, no âmbito da CPLP, se debate com falta de meios.

Jorge Carlos Fonseca, que falava durante o jantar de honra oferecido ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, sustentou ainda que Portugal e Cabo Verde podem ter “um importante papel” na Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) no sentido “de ajudar a organização a ser, cada vez mais, uma organização da democracia, sintonizada com os valores do Estado de direito, particularmente num contexto em que alguns dos países enfrentam dificuldades”.

Jorge Carlos Fonseca agradeceu também o acolhimento e a “grande abertura” para “encontrar as melhores soluções para os problemas” que os cabo-verdianos enfrentam em Portugal, em especial os estudantes e os doentes enviados de Cabo Verde.

“O papel de Portugal na capacitação dos nossos quadros, nos mais diversos domínios, tem sido determinante no processo de desenvolvimento” de Cabo Verde, disse Jorge Carlos Fonseca.

“No tocante aos doentes, a solidariedade portuguesa tem contribuído de forma muito positiva para a superação de boa parte das nossas insuficiências em matéria de assistência médica”, acrescentou.

Sublinhou ainda a cooperação na área económica, considerando que “os investimentos portugueses serão sempre bem-vindos em Cabo Verde”.

O jantar foi a penúltima actividade do programa do segundo dia de visita de Marcelo Rebelo de Sousa a Cabo Verde, que participou ainda na abertura do festival Atlântic Music Expo (AME), onde Portugal é convidado de honra e actua a banda portuguesa Dead Combo.

Hoje, no seu terceiro dia de visita de Estado a Cabo Verde, o Presidente português desloca-se à ilha de São Vicente, a partir das 10:00, será recebido com uma sessão solene na Câmara Municipal do Mindelo, às 11:45, para a seguir visitar a Escola Portuguesa do Mindelo, a Academia Livre de Artes Integradas do Mindelo (ALAIM), entre outras acções.

Lusa/Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos