Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

32 pessoas desaparecidas depois de colisão entre petroleiro e navio de carga na China

 

Pequim, 07 Jan (Inforpresss) – Uma colisão entre um petroleiro do Panamá que transportava 136 mil toneladas de petróleo condensado e um navio de carga chinês originou o desaparecimento de 32 pessoas no rio Yangtze, anunciaram hoje as autoridades chinesas.

Segundo o comunicado disponibilizado no site do Ministério dos Transportes da China, os 32 tripulantes do navio Sanchi, que está a arder, estão desaparecidos e as operações de busca e salvamento já estão em curso.

O Governo chinês confirmou que houve derramamento de petróleo mas não divulgou ainda a extensão.

Dos 32 tripulantes, 30 são iranianos e 2 são originários do Bangladesh.

Os tripulantes do navio de carga chinês estão a salvo, lê-se no comunicado.

O rio Yangtze tem quase 6.400 quilómetros de comprimento e é encarado como a fronteira natural entre o sul e o norte da China, sendo o maior rio da Ásia.

Lusa/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos