Pároco de Nossa Senhora da Graça lamenta assalto e sequestro do padre Samuel Costa

 

Cidade da Praia, 14 Ago (Inforpress) – O pároco de Nossa Senhora da Graça, padre António Ferreira, disse hoje que o assalto e sequestro do padre Samuel da Costa ocorrido na sexta-feira, é um acto “lamentável” e condenou os envolvidos que o organizaram e perpetuaram.

“Quanto ao resto, que seja da alçada da polícia de investigação, estamos a aguardar de forma serena e esperemos que quem de direito faça o seu trabalho de forma tranquila e nos traga informações necessárias para que possamos descansar”, afirmou o pároco que sublinhou a necessidade de se trabalhar para evitar que actos deste tipo aconteçam no país.

António Ferreira, mais conhecido por padre Ima, lamentou o sucedido e condenou os envolvidos, tendo realçado ainda que a situação é preocupante e pode acontecer a qual quer tipo de pessoas.

O padre Samuel da Costa foi assaltado e sequestrado na noite de sexta-feira, 11, à porta do Seminário São José, na Cidade da Praia, por volta das 21 horas, quando regressava à residência, tendo sido surpreendido por três indivíduos, um deles na posse de uma arma de fogo.

O pároco foi obrigado a fazer o levantamento de dinheiro com o seu cartão de multibanco, de seguida foi amarrado e abandonado na localidade de São Martinho, tendo conseguido libertar-se posteriormente das amarras e pedir ajuda aos moradores locais.

AV/FP

Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos