Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Departamento de Investigação Criminal da Boa Vista vai funcionar a partir de 2020 (c/áudio)

Cidade da Praia, 06 Ago (Inforpress) – O Governo aprovou esta segunda-feira em Conselho de Ministros a Proposta de Decreto-Regulamentar que cria o Departamento de Investigação Criminal da Boa Vista e que vai funcionar a partir de 2020.

Segundo o porta-voz da reunião do Conselho de Ministros, o ministro Fernando Elísio Freire, a criação desse departamento foi uma proposta do director Nacional da Polícia Judiciária (PJ) ao Governo, através da ministra da Justiça, que vai permitir à PJ aumentar a sua capacidade de cobertura a nível nacional, reforçar a sua acção no terreno e melhorar o combate à criminalidade organizada.

Isto, lançou, tendo em conta os “aspectos negativos” da posição geográfica, estratégica de Cabo Verde que é um país de imigração e que recebe milhares de turistas, principalmente na Boa Vista que é uma ilha com grande potencial turístico.

“Esses aspectos negativos são o tráfico de droga, a lavagem de capitais, a criminalidade organizada. Tendo em conta esses aspectos, pela circulação de pessoas na ilha, pela dinâmica económica, pelo aumento da população, torna-se necessário criar especificamente para a ilha da Boa Vista um departamento de investigação Criminal da Polícia Judiciária,” explicou o Governante.

O ministro da Presidência do Conselho de Ministros acrescentou ainda que a aprovação da Proposta de Decreto-Regulamentar que cria o referido departamento neste momento tem a ver com a sua integração no Orçamento de Estado para o ano económico de 2020.

A mesma fonte afiançou que depois de orçamentado o Governo espera que o departamento poderá entrar em funcionamento “o mais rapidamente possível”.

“Compete agora a quem tem a responsabilidade de executar a política criminal fazer o seu trabalho para que o instituto funcione”, arrematou.

CD/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos