Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

13 de Janeiro: Tarrafal está “umbilicalmente” ligado à liberdade e democracia – Fernando Elisio Freire

Cidade da Praia, 12 Jan ( Inforpress) – O ministro do Estado, Fernando Elisio Freire, defendeu hoje, na Cidade da Praia, que não há município em Cabo Verde que esteja tão “umbilicalmente” ligado à liberdade e democracia como Tarrafal de Santiago.

O governante fez essa afirmação na abertura da terceira edição do encontro “Fidjus de Santo Amaro na Praia” , realizado para comemorar o 13 de Janeiro, Dia da Liberdade e Democracia e 15 de Janeiro, Dia do Município de Tarrafal.

“Foi no Tarrafal que se forjaram lutas intensas pela independência e não foi por acaso que foi ali que se escolheu para se colocar o Campo de Concentração”, disse Fernando Elisio Freire, considerando que foram os tarrafalenses os primeiros a gritarem a liberdade.

Acrescentou que também no município de Tarrafal houve um forte combate ao regime de partido único, “ no período em que se iniciou a construção da democracia”.

“O município de Tarrafal é também terra de Nhu Santo Amaro, que sabe receber e cuidar dos seus filhos” , ajuntou o também ministro da Família e Inclusão Social.

Para Fernando Elisio Freire, “sendo Tarrafal uma terra de liberdade e democracia” tem que ser um município desenvolvido por ter condições de receber todos os investimentos e se transformar num concelho de referência de Cabo Verde.

“Por isso, o Governo está a trabalhar arduamente, em parceria com a câmara municipal, para a transformação do Campo de Concentração no património imaterial da humanidade “, informou o ministro, considerando que essa elevação será um passo decisivo para se fazer justiça à história do Tarrafal.

Por sua vez, José Soares, representante da comissão organizadora do encontro, disse que este ano, devido ao contexto da pandemia da covid-19, decidiu-se por realizar uma actividade reflectiva.

Quanto à decisão de juntar essas duas datas , José Soares justificou afirmando que Tarrafal é símbolo de resistência, liberdade e democracia.

O encontro foi marcado com uma conversa aberta sobre a visão, perspectiva e significado de 13 e 15 de Janeiro para os tarrafalenses.

OM/JMV
Inforpress/Fim

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos